Apresentação do livro “Côja no Século XVIII: os territórios do Bispo-conde Conimbricense na visão de um cientista da época”

No último sábado, dia 14 de Setembro, na Biblioteca Alberto Martins de Carvalho viveu-se um acontecimento muito relevante com a apresentação do livro: Côja no século XVIII: os territórios do Bispo-conde Conimbricense na visão de um cientista da época”.

Na verdade em boa hora a Câmara Municipal de Arganil decidiu publicar o relatório que Baltazar Silva Lisboa escreveu a propósito de uma visita que fez aos territórios do Bispado de Coimbra, de que Côja era parte integrante, incumbido de informar o Bispo e Conde de Arganil D. Francisco de Lemos Pereira Coutinho da riqueza das suas terras.

A Senhora Vice-presidente, Paula Dinis que abriu a sessão saudando os presentes, referiu o simbolismo da comemoração que ali se realizava por ocasião de mais um aniversário do Foral dado por D. Manuel I a Côja em 1514.

Este relatório, agora publicado em livro, foi transcrito para português actual pela Dra. Isaltina Martins que falou do prazer que lhe proporcionou este trabalho apesar da dificuldade da transcrição dificultada pela profundidade científica do texto.

O livro foi apresentado pela Doutora Regina Anacleto que o percorreu dando ao numeroso público presente uma perspectiva aliciante do seu conteúdo. Usando uma  linguagem coloquial soube transmitir os conteúdos de um texto científico de modo extremamente aliciante para o público presente.

o Senhor Presidente da Câmara Municipal, Luís Paulo Costa, que encerrou a sessão afirmando a importância desta publicação para Côja como testemunho das potencialidades que os seus recursos naturais encerram, dizendo ainda  que foi através de uma citação do Prof. Mendes Ferrão no seu livro “Passeando pelas Ruas de Côja” que se chegou ao conhecimento deste relatório, sendo posteriormente adquirida à Biblioteca Nacional de Portugal uma cópia digital para publicação.

Estava ainda presente o Senhor Presidente da União de Freguesias de Côja e Barril do Alva, João Tavares.

O livro encontra-se à venda nas Bibliotecas de Arganil e Côja.

No átrio de entrada da Biblioteca Alberto Martins de Carvalho encontra-se patente até ao final do mês uma mostra fotográfica que junta um conjunto de fotografias de Côja de outros tempos.



Artigos Relacionados