Câmara Municipal acolhe assinatura de Protocolo do Clube de Produtores do Concelho de Arganil

Foi dado o primeiro passo para a criação do ambicionado Clube de Produtores do Concelho de Arganil, no dia 12 de janeiro, com a assinatura do Protocolo de Parceria entre o Município de Arganil, a Santa Casa da Misericórdia de Vila Cova de Alva, entidade executora do CLDS Arganil + Inclusiva, e 11 produtores locais.

A presidir a sessão solene de assinatura do Protocolo esteve o Presidente da Câmara Municipal de Arganil, Luís Paulo Costa, o Presidente da Direção do Centro Social e Paroquial de Côja, entidade Coordenadora do CLDS 3G Arganil + Inclusiva, Padre Daniel Rodrigues, e a Coordenadora Técnica do CLDS 3G Arganil + Inclusiva, Elisabete Oliveira.

Definir um caminho consistente para a criação de um clube que promova a marca “Arganil”, permitindo a criação de uma identidade visual com base numa estratégia concertada que potencie o trabalho em rede e promova produtos endógenos e artesanais do concelho é a principal motivação das entidades empenhadas na criação do Clube de Produtores.

O protocolo terá a duração de um ano a partir da data da sua assinatura, sendo este o prazo de implementação do projeto “piloto” do Clube de Produtores.

Lista de produtores:

  • Vumba (S. Martinho da Cortiça)
  • Queijaria Quinta do Raro  (Vila Cova de Alva)
  • Sabores de Arganil  (Sarzedo)
  • Licores Donanna (Coja)
  • Valle d´Arga (Vinhó – Vila Cova de Alva)
  • Boutique da Tuxa ( Coja)
  • Abrantes & Cordeiro (Pombeiro da Beira)
  • José Nuno Coimbra, Lda. – Produtor de Azeite (Secarias)
  • Rui Carvalho – Produtor de mel (Pomares)
  • Agroargus (Arganil)
  • Santa Casa da Misericórdia de Vila Cova de Alva


Artigos Relacionados