Cumprida mais uma edição da FICABEIRA e Feira do Mont’alto, mostra de excelência mais conceituada da região

Assumindo-se uma grande montra daquilo que se faz no concelho e região nos sectores da indústria, comércio, agricultura e associativismo e, através de um cartaz pautado pela animação e entretenimento a 37ª Ficabeira e Feira do Mont’Alto 2018 atraíram, como é seu costume, entre os dias 6 e 9 de setembro, milhares de visitantes, o que vem reconfirmar o sucesso deste certame.

Este ano, apostando na constante modernização, o espaço foi harmonizado através de uma reorganização espacial que não só permitiu conferir uma nova dinâmica à secular Feira do Mont’Alto, como criou uma nova área de restauração mais aprazível e organizada.

Com inauguração no dia 6 de setembro, em sessão solene no Salão Nobre dos Paços do Concelho e na presença do Vice-Presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro, Luís Caetano, dava-se início a mais uma edição deste prestigiado certame. A visita oficial ao recinto dar-se-ia logo após o término desta sessão, que foi abrilhantada noite dentro no palco FICABEIRA com Virgul, uma das vozes dos Da Weasel e que enveredou recentemente por uma carreira a solo.

O dia seguinte, 7 de setembro, feriado municipal, começou como dita a tradição, com mais uma edição do Concurso de Gado Bovino de Trabalho ou Feira dos Bois como é comummente denominada que, premeia anualmente a raça Bovina com o objetivo de estimular os criadores na produção de animais, que pelas suas caraterísticas interessem não só à economia do concelho, mas também à valorização e equilíbrio do espaço rural e à obtenção de produtos dotados de grande genuinidade. No Salão Nobre dos Paços do Concelho realizava-se a Cerimónia de Comemoração do Dia do Concelho que contou com a honrosa presença do Professor Arlindo Cunha, atual Presidente da Comissão Vitivinícola do Dão, antigo Secretário de Estado, antigo Ministro nos Governos de Cavaco Silva e Durão Barroso, ex-Deputado ao Parlamento Europeu e antigo Presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte. O dia 7 de setembro foi também marcado pela partida simbólica da Volta a Portugal do Futuro, na Avenida José Augusto de Carvalho.

No recinto da FICABEIRA, animaram os visitantes, o grupo de dança “The Boogies” e a Escola de Música Pauta em Movimento, mesmo antes de Gisela João, nome incontornável do fado e uma das mais importantes intérpretes da música portuguesa da atualidade, subir ao palco para um arrebatador espetáculo.

O dia 8 de setembro amanheceu com a concentração nos Paços do Concelho, das vespas participantes do evento “Atreve-te 2018 “, para mais uma visita pelos caminhos do Rally de Portugal. Durante a tarde decorreram também, integrados na programação do certame, os Torneios de Futebol Juvenil Salvador Nunes e de Veteranos, no Campo Dr. Eduardo Ralha.

Ainda durante a tarde a FICABEIRA contou com animação de rua pela Universo dos Pequeninos. Ao cair da noite coube ao Grupo de Concertinas“Sons e Suadelas” animar os presentes, dando posteriormente lugar, mas desta vez no palco, à artista Carolina Deslandes. A autora do sucesso “A Vida Toda” tinha à sua espera muitas centenas de fãs que, aos primeiros acordes deste aguardado concerto, não mais pararam de a acompanhar trauteando todos os hits.

O último dia deste certame, 9 de setembro, começou com a concentração e partida dos participantes do Encontro Clube Mini de Arganil que, pelo 2º ano consecutivo e inseridos na programação da FICABEIRA, realizaram um passeio pelo concelho. Durante a tarde, realizou-se no Campo de Futebol Dr. Eduardo Ralha o já costumado Torneio de Futebol Sénior Ramiro Jorge e, pelo fim da tarde, a arruada com o grupo “Sons e Suadelas”. A encerrar os festejos, foi a vez de Ana Malhoa subir ao palco e arrasar. Conhecida pela batida e ritmos quentes, a intérprete de “Tá turbinada” deslumbrou com uma atuação arrojada e envolta de sensualidade, ao cantar os seus mais conhecidos sucessos.

De entre toda a indústria, empresas, associações e artesãos participantes, destaca-se também a comparência do Clube de Produtores do Concelho de Arganil que para além de marcar presença através da exposição dos seus produtos, desenvolveu inúmeras atividades lúdicas e culturais ao longo dos dias. A FICABEIRA e a Feira do Mont’alto estarão de volta para o ano, onde se pretende continuar a inovar, não quebrando a tradição que lhe é particular, mostrando sempre o que de mais autêntico se faz na região da Beira Serra.



Artigos Relacionados