Inauguração da Exposição de Pintura Coletiva de Costa Santos, De Mar e Kim Kruz

A Sala de Exposições Temporárias Guilherme Filipe vai acolher uma exposição  de pintura coletiva da autoria de Costa Santos, De Mar e Kim Kruz.

A inauguração desta mostra de arte coletiva, está marcada para as 16 horas do dia 11 de Julho e poderá ser visitada até ao dia 31 do mesmo mês, no horário das 9h00 às 17h30 durante a semana e ao sábado das 9h30 às 13h00.

José António da Costa Santos, natural de Lisboa e jornalista de profissão – exerceu essa atividade durante 40 anos, iniciando-se num seminário regional de Coimbra (“GAZETA DE COIMBRA”), passando, depois para o jornal “A Bola”, “A Capital”, Diário Popular e Record, onde esteve 33 anos. Calcorreou os cinco continentes, numa experiência maravilhosa de conhecimento das inúmeras culturas, das mais belas paisagens. Um homem da cidade com paixão pela natureza, encontrou nesta paz que agora procura retratar nas suas telas, numa “linhagem” tão realista quanto simples.

De Mar nasceu em 30 de Dezembro de 1954 em Portugal. Professor do Ensino Superior e Investigador, este artista tem exposto regularmente desde 1989, com cerca de 80 exposições individuais, coletivas e bienais, dentro e fora do seu País. É membro do Movimento Artístico de Coimbra e da International Society for The Psychopathology of Expression and Art-Therapy.

Kim Cruz, aliás, Joaquim Almeida Cruz, nasceu em Leiria a 23 de Março de 1959. Ainda bastante jovem, começa a interessar-se pela Arte em geral mas desenvolve, sobretudo, um enorme fascínio pelo Desenho e a Pintura. Como autodidacta, procurou desde sempre ter contacto com algumas obras de grandes mestres da pintura, mesmo somente em imagens que via exclusivamente de livros de arte. Nessa fase, desenvolveu algumas obras de pintura, sobretudo utilizando a técnica do óleo sobre tela e trabalhou o seu próprio traço e expressividade nos desenhos que fazia, utilizando quaisquer materiais riscadores.



Artigos Relacionados