Luís Paulo Costa em visita aos Alpes franceses com comitiva da CIM Região de Coimbra

O presidente da Câmara Municipal de Arganil, Luís Paulo Costa, integrou a comitiva da Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra (CIM-RC) na visita à região francesa Auvergne-Rhône-Alpes, Lyon, entre os dias 3 e 5 de abril.

Acompanhada pelo Secretário de Estado da Valorização do Interior, João Paulo Catarino, e, mais tarde, pelo Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, José Luís Carneiro, que viajou para Lyon no dia 4, a comitiva composta por 16 dos 19 autarcas que compõem a CIM-RC conheceram de perto o modelo inovador de combate à desertificação do interior e de desenvolvimento demográfico sustentável, colocado em prática naquela região dos Alpes franceses.

Em foco estiveram medidas demográficas reconhecidas como exemplo de sucesso, com resultados visíveis na inversão do decréscimo populacional. O programa de atração de novos residentes, que convida as pessoas a fixarem-se e a criarem o seu próprio negócio, foi uma das medidas que mais interesse suscitou na comitiva portuguesa. Aquela região acolhe durante três dias os potenciais moradores, apresentando-lhes a região, os eleitos locais, as entidades de financiamento, os empresários e as oportunidades de emprego.

Nesta viagem pelas estratégias e dinâmicas de ação da Auvergne-Rhône-Alpes, os autarcas de Coimbra, cujos municípios que lideram se encontram maioritariamente inseridos em territórios do interior (60 por cento), estando alguns deles afetados pela perda de população a rondar os 30 por cento, foram recebidos pelo vice-presidente da Região para os assuntos internacionais, Philippe Meunier.

Numa dinâmica de partilha de conhecimentos e experiências, foi apresentada a política de planeamento regional e dados a conhecer os dispositivos promovidos por aquela região, através da Direction de l’Aménagement du Territoire et de la Montagne, foram expostas as medidas demográficas na região de Auvergne-Rhône-Alpes, pelo Institut National de la Statistique et des Études Économiques (INSEE), e relatadas experiências, pelo Pólo Metropolitano dos Genevois Français e Departamento de Cantal.



Artigos Relacionados