Município de Arganil avança com adjudicação da Reabilitação da ETAR da Relvinha

Foi aprovada por unanimidade, na reunião de Executivo Municipal realizada no dia 6 março, a adjudicação da reabilitação e beneficiação da Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) da Zona Industrial da Relvinha – Melhoria da Qualidade da Massa de Água Associada. A empreitada no valor de 1.145.099,08€, e financiada em 85 por cento pelo Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (POSEUR), através do Fundo de Coesão, foi adjudicada à Ambiágua – Gestão de Equipamentos de Águas Sociedade Unipessoal, Lda., e deverá avançar ainda durante este semestre.

A intervenção na ETAR da Zona Industrial da Relvinha, no Sarzedo, vai permitir aumentar a capacidade de tratamento instalada, com a introdução de fases de tratamento adicionais e equipamentos que possibilitem melhorar substancialmente o efluente libertado para o meio hídrico de descarga, contribuindo em grande medida para a qualidade da massa de água no rio Alva.

O esquema de tratamento assenta numa solução de biomassa fixa e leito móvel flutuante, de fluxo contínuo, fazendo com que a depuração das águas residuais domésticas seja constituído por uma linha de tratamento para a fase líquida que compreende processos de tratamento preliminar, pré tratamento e tratamento secundário e uma linha de tratamento para a fase sólida que incorpora etapas de digestão anaeróbica e desidratação.

Trata-se de uma intervenção que vem cumprir os fortes desígnios do Município de Arganil em ver concretizado um projeto de grande importância do ponto de vista ambiental e que representa um investimento inteligente e sustentável numa área industrial com avultada expressão no concelho, quer pela dimensão e diversidade de atividades económicas que nela se concentram, quer pela sua privilegiada localização geográfica.



Artigos Relacionados