Presidência Participativa na freguesia de São Martinho da Cortiça

O executivo camarário de Arganil, liderado por Luís Paulo Costa, deslocou-se à freguesia de São Martinho da Cortiça, no passado sábado, 5 de setembro, para nova jornada de trabalho promovida no âmbito do ciclo de Presidências Participativas, a que a autarquia deu início em janeiro deste ano.

Marcada pela forte presença da população em todas as localidades visitadas, a sessão incluiu um roteiro pelos quatro troços recentemente reabilitados pela autarquia: o acesso ao Carapinhal, a extensão entre a Urgueira e Vale de Espinho e a estrada que liga Teixugueira a Cortiça, incluídos numa empreitada de 365 mil euros, bem como o acesso à localidade de Sanguinheda, cuja intervenção fez parte de uma empreitada de 165 mil euros.

O périplo pela freguesia terminou junto à extensão do Centro de Saúde de São Martinho da Cortiça, com um produtivo diálogo entre os executivos da Câmara e da Junta de Freguesia e a população residente, que deu a conhecer os seus anseios, expectativas e sugestões sobre a resolução dos problemas sentidos no território.

Luís Paulo Costa aproveitou a ocasião para enaltecer e agradecer o trabalho desenvolvido por Manuel Fidalgo, presidente da Junta de Freguesia, que se prepara para renunciar ao mandato por motivos de saúde. “Ao longo dos últimos três anos tive o privilégio de trabalhar e privar com o Sr. Manuel, que mostrou em todos os momentos uma notável dedicação à freguesia e grande diligência na resolução dos problemas, tendo em vista o bem-estar da população”, elogiou o presidente da Câmara.

A jornada de trabalho realizada na freguesia de São Martinho da Cortiça espelhou aqueles que são os propósitos do Município com a aposta no ciclo de Presidências Participativas. “Numa expressão clara do bom entendimento e das proveitosas parcerias estabelecidas com as juntas e uniões de freguesia, estas sessões são determinantes para a autarquia prosseguir com o plano de ação definido para o território”, defendeu Luís Paulo Costa.

Nova sessão de Presidências Participativas será anunciada em breve, dando seguimento às jornadas de trabalho que tiveram início no Piódão (janeiro) e se estendeu à freguesia de Pomares (março) e à União de Freguesias de Cepos e Teixeira (junho).



Artigos Relacionados