Redução da fatura da água representa investimento camarário de 140 mil euros

A Câmara Municipal de Arganil reduziu para metade a fatura da água, saneamento e resíduos sólidos das famílias, empresas e instituições do concelho durante os meses de março e abril, de forma a minimizar o impacto da pandemia causada pela Covid-19.

Esta redução em 50% das taxas fixas e variáveis dos serviços de abastecimento de água, águas residuais e gestão de resíduos urbanos durante dois meses representa um esforço financeiro camarário na ordem dos 140 mil euros.

Trata-se de uma entre as várias medidas de combate aos efeitos económicos e sociais da pandemia, que tem como finalidade aliviar o orçamento dos empresários e das famílias do concelho, num momento particularmente difícil, em que o dever de recolhimento domiciliário conduz ao aumento dos consumos e dos gastos familiares.

“Sem a visibilidade ou mediatismo de outras ações concretizadas neste contexto de pandemia, esta redução para metade da fatura da água representa uma real e efetiva medida de apoio aos arganilenses, e é demonstrativa daquela que tem sido a postura ponderada, pragmática, atenta e dedicada do Município”, considera Luís Paulo Costa, presidente da Câmara Municipal, sublinhando que esta redução vem reforçar a posição da autarquia em praticar o tarifário doméstico mais baixo de todos os concelhos do distrito de Coimbra.

Esta medida, implementada no mês de março e aprovada na Reunião de Câmara de 14 de abril, aplica-se a todos os consumidores domésticos e não-domésticos do concelho.



Artigos Relacionados