Arganil candidata artesanato às 7 Maravilhas de Portugal 2020 – Cultura Popular

O concurso 7 Maravilhas de Portugal está de volta para desta feita homenagear a Cultura Popular portuguesa. A iniciativa, como vem sendo hábito, pretende a valorização e reconhecimento daquilo que carateriza o país e assenta, nesta edição, no património cultural material e imaterial das várias regiões e localidades do país, contribuindo para a diferenciação e promoção territorial.
As categorias são sete: Artesanato, Lendas e Mitos, Festas e Feiras, Músicas e Danças, Rituais e Costumes, Procissões e Romarias e Artefactos.

Após ter sido reconhecido como Maravilha de Portugal, na categoria “Aldeias Remotas” com a aldeia de Piódão, o Município de Arganil candidata à categoria “Artesanato”, as tradicionais Colheres de Pau e as icónicas “Casinhas de Xisto”, que acredita poder contribuir para a notoriedade destas duas peças identitárias do concelho de Arganil.

Entre março e abril, naquela que é a primeira fase de análise das candidaturas apresentadas, serão selecionados e comunicados pelo painel de especialistas 21 patrimónios Regionais de cada distrito ou região autónoma, organizados pelas 7 categorias, sendo 3 de cada categoria, num total nacional que pode atingir os 420 patrimónios Regionais.