Associação ambientalista ZERO associa-se à luta contra a Barragem do Vale das Botas

A luta de Arganil contra a construção da barragem do Vale das Botas e em defesa dos interesses ambientais do território despertou a atenção da ZERO – Associação Sistema Terrestre Sustentável.

Associando-se à causa defendida pelo Município de Arganil, esta associação ambientalista deslocou-se ao local onde está prevista a implementação da mini-hídrica, no passado dia 30 de julho, fazendo-se acompanhar por Luís Paulo Costa, presidente da Câmara Municipal de Arganil, pelos vereadores Érica Castanheira e Luís Almeida, e pelo presidente da União das Freguesias de Côja e Barril do Alva.

A visita desta associação, cuja missão passa por intervir na sociedade em defesa dos valores da sustentabilidade, incluiu uma breve passagem pela praia fluvial de Côja, zona que representa a cota de pleno armazenamento da albufeira.

Os membros da ZERO tiveram, assim, oportunidade de perceber o real impacto que a barragem terá, caso se concretize, numa das zonas mais turísticas do concelho: no pleno armazenamento, a água chegará ao nível da base do açude; numa situação de máxima cheia, a agua estará a cerca de um metro acima do açude.

Para assinar a petição “Contra a Barragem Vale das Botas no Rio Alva”, clique aqui.



Artigos Relacionados