Eng.º Amândio Galvão: Memórias que um amigo nos deixou

Um Grupo de Amigos, com o apoio da Câmara Municipal, quer dar a conhecer melhor a Personalidade Arganilense que foi o Engº Amândio Galvão. Na sua vasta obra, publicada inicialmente nos jornais locais, principalmente na Comarca de Arganil e mais tarde reunida em dois livros e algumas brochuras, o autor debruçou-se sobre a história recente da vila de Arganil, principalmente, mas também da história do concelho.

Tendo como ponto fulcral do seu interesse os aspectos sociais e culturais da sociedade arganilense, dedicou também muitos dos seus textos à vida e obra de várias personalidades que marcam a nossa história comum.
Para reviver Amândio Galvão foi elaborado um programa que envolve várias iniciativas:

De 18 a 30 de setembro
– “Esta Palavra Arganil”
Nos cafés: Argus, Teatro, Eduardus, irão estar disponíveis livros escritos por Amândio Galvão que poderão ser consultados por todos os que quiserem conhecer a obra deste Arganilense.

25 de Setembro – 15h30
– Passeio pelo Centro Histórico de Arganil
(Encontro no Paço Pequeno)

Auditório da Biblioteca Municipal – 21h30
– Abertura da Exposição: “Memórias de um Arganilista”
Seguida da sessão:
“Arganil em Amândio Galvão”, com a presença de Arganilenses, a participação de Carlos Maia Teixeira, do grupo Amigos de Ler e a música de Miguel Neves.



Artigos Relacionados