Enxudro e Relva Velha acolhem projeto de apoio a aldeias localizadas em territórios de floresta

O presidente da Câmara Municipal de Arganil, Luís Paulo Costa, assinou em Arouca, no dia 9 de novembro, o protocolo que garante ao concelho de Arganil cerca de 50 mil euros para a implementação do projeto-piloto “Condomínio de Aldeias”, nas localidades de Enxudro e Relva Velha, pertencentes respetivamente à freguesia de Benfeita e à União das Freguesias de Cerdeira e Moura da Serra.

Este projeto tem como objetivo assegurar a gestão dos terrenos ao redor destas duas aldeias localizadas em territórios vulneráveis, na Serra do açor, tornando-as mais resistentes às adversidades. Ao longo dos cinco anos do projeto, vai ser concretizado um conjunto de ações destinadas a reduzir o volume de vegetação disponível para arder, com recurso à gestão mista (com técnicas agrícolas e florestais), à pastagem e à recuperação de socalcos.

Os residentes terão um papel fundamental na dinamização das intervenções a implementar, estando previstas 12 sessões de formação da comunidade, tendo em vista a continuidade das boas práticas rurais.

“É evidente para todos, sobretudo para quem viveu na pele os incêndios de outubro de 2017, que a proteção das nossas aldeias, rodeadas por floresta e tão expostas aos fogos, é absolutamente determinante”, frisou o presidente da autarquia, destacando “o papel protetor e revitalizador” do projeto. O Município de Arganil pretende, refere Luís Paulo Costa, “que este projeto-piloto se expanda e venha a abranger outras aldeias do concelho com as mesmas características, transformando-as em espaços mais seguros, úteis e produtivos para a população”.

As intervenções destinam-se, ainda, a introduzir benefícios ambientais nestes espaços, através da melhoria da infiltração da água, melhoria da qualidade dos ecossistemas e preservação do solo. O projeto vai beneficiar uma superfície total de cerca de cerca de 20 hectares nas imediações das aldeias do Enxudro e Relva Velha.

A cerimónia de assinatura dos contratos incluídos no programa Condomínio de Aldeias – Programa de apoio às aldeias localizadas em territórios de floresta, promovido pelo Fundo Ambiental, contou com a presença de João Paulo Catarino, Secretário de Estado da Conservação da Natureza, das Florestas e do Ordenamento do Território.



Artigos Relacionados