Na Rota dos Forais do Concelho de Arganil

Dando continuidade às comemorações dos Forais do Concelho de Arganil realizou-se no dia 21 de Junho um passeio pelos locais da Vila de Coja, onde se podem admirar alguns dos testemunhos da época compreendida entre o século XII e o século XVI.

Com a presença da Vereadora da Cultura da Câmara Municipal de Arganil, Dra. Paula Dinis, que apresentou o Roteiro dos Forais, publicado pela Câmara Municipal, o percurso teve inicio junto ao Pelourinho Manuelino, do século XVI, na Praça Dr. Alberto Vale, onde foi dada uma explicação sobre a origem do Pelourinho e a sua importância na administração da justiça na época tratada.

Na Praça falou-se também de duas casas antigas, embora já do século XVIII, mas que nos encantam pela sua beleza.

Em seguida o Grupo seguiu para a Igreja Matriz onde após uma breve introdução sobre a arquitetura do templo, foi possível admirar duas esculturas que representam o Santo Bispo e o São Pedro, em pedra, do século XV. Da Igreja Matriz o Grupo passou à capela de Santo António onde admirou a escultura de S. Brás, de calcário, do século XV.

Prosseguindo a visita, foi a vez da Capela da Senhora da Ribeira onde uma escultura da Virgem com o Menino, de calcário, do século XVI atraiu a atenção dos visitantes, para além de outras esculturas de grande beleza, posteriores ao século XVI, que se encontram nesta capela.

A última paragem foi na Capela do Senhor do Sepulcro, onde é possível admirar 3 lápides, com inscrições em latim, do século XVI, que se encontram inseridas nas paredes exteriores do templo.

Um percurso interessante que ajuda a compreender melhor o passado de Coja e do Concelho de Arganil.



Artigos Relacionados