Projeto ClimAgir percorre o concelho de Arganil sensibilizando o público em geral para as consequências das alterações climáticas

 

No decorrer desta semana, o projeto “ClimAgir”, promovido pela Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra (CIM-RC) visita as Escolas do 2º e 3º Ciclos do Agrupamento de Escolas de Arganil, em viatura 100 por cento elétrica, com o objetivo de sensibilizar os alunos para a temática das alterações climáticas, e em simultâneo promover comportamentos sustentáveis, como poupar água, usar energias renováveis, reduzir o desperdício e a utilização de plásticos, reciclar, usar transportes públicos, andar a pé ou de bicicleta, poupar energia e plantar árvores (espécies autóctones).

As ações de sensibilização “Escolas” realizam-se nas Escolas do 2º e 3º Ciclos de Arganil e EB2,3 Professor Mendes Ferrão – Coja, e abrangem os alunos dos7.º, 8.º e 9.ºanos de escolaridade, em que para além da sensibilização para a temática das alterações climáticas os alunos plantam sobreiros no recinto das respetivas Escolas.

O “ClimAgir conta ainda com o “Bolotas” – um sobreiro em forma de mascote que alerta para a necessidade de preservar espécies autóctones.

A atividade envolve ainda conteúdos didáticos, como vídeo e jogos, destacando a App “ClimAgir”, através da qual é possível acompanhar a viagem do “Bolotas”, aplicar os conhecimentos através de jogos didáticos e quizz, acompanhar os dados e avisos meteorológicos para a Região e muitas outras funcionalidades.

As ações “Escolas” tiveram início a 4 de fevereiro e decorrem até dia 7 de fevereiro, tendo a 1.ª ação sido realizada na Escola Básica 2,3 de Arganil, e contou com a presença do Sr. Vereador da Educação, Luís Almeida e da Diretora do Agrupamento de Escolas de Arganil, Anabela Soares.

O projeto “ClimAgir” no concelho de Arganil, conta ainda com a ação “Saúde Pública”, que se realizará em julho, com a ação “Praias” prevista para 28 de agosto na praia da Cascalheira – Secarias e com a Ação “Município” que decorrerá de 5 a 8 de setembro, integrada na XXXVIII FICABEIRA e Feira do Mont’Alto 2019.

Tendo como lema Divulgar, Atuar, Adaptar, o Climagir pretende sensibilizar o público em geral para as consequências das alterações climáticas na Região de Coimbra e, ao mesmo tempo promover a floresta autóctone.

O projeto ClimAgir, financiado pelo POSEUR, Portugal 2020 e Fundo de Coesão no âmbito da candidatura “Reforço das Capacidades de Adaptação às Alterações Climáticas – Ações de Comunicação e Sensibilização na CIM-RC”, surge como uma das medidas específicas previstas no Plano Intermunicipal de Adaptação às Alterações Climáticas (PIAAC), documento estruturante que contempla o conhecimento das especificidades setoriais (Agricultura, Alimentação, Florestas, Biodiversidade, Recursos Hídricos, Estuários e Zonas Costeiras, Infraestruturas e Energia, Turismo e Saúde Humana), avaliação da vulnerabilidade atual e futura às alterações climáticas e identificação, definição e priorização de medidas de adaptação específicas para o território da CIM Região de Coimbra.



Artigos Relacionados