Retorno: um projeto de regresso aos lugares transformados pelo fogo, na Cerâmica Arganilense

Data Inicial: 27-11-2021 21:30H
Data Final: 27-11-2021 23:00H
Localidade: Arganil

 

Quatro anos passaram desde os incêndios mais devastadores que Portugal conheceu nas últimas décadas e dois, desde que os mentores do projeto Retorno iniciaram esta viagem de regresso às memórias mais profundas dos incêndios e aos lugares que pelo fogo foram transformados.

Artístico e interdisciplinar o projeto Retorno cruza a criação e a performance musical com o vídeo e vai estar no Auditório da Cerâmica Arganilense, no dia 27 de novembro, pelas 21h30, com entrada livre mas sujeita a reserva nos locais habituais.

Iniciado em julho de 2019, colaboraram na sua criação, numa primeira fase, o ensemble Ruby the Grap! – Inês Luzio e Eva Sulai e o documentarista João Valentim. A partir de janeiro de 2020, a direção artística do projeto ficou a cargo de Inês Luzio e João Valentim, e a criação e interpretação musical dos/as músicos/as Inês Luzio, Inês Malheiro e Tiago Candal.

Retorno é assim sobre diferentes regressos: o regresso às memórias da efeméride dos incêndios de 2017, do que desapareceu e do que mudou, mas, acima de tudo, sobre o regresso físico aos lugares transformados pelo fogo, a um território que ainda de luto, se regenera, procurando estimular a reflexão e discussão dentro e fora das comunidades locais sobre possibilidades de ação mais sustentáveis.

Produzido pela Associação Juvenil C.U.M.E. numa parceria com o Município de Arganil, o projeto Retorno conta com o apoio da Direção-Geral das Artes através do Programa de Apoio em Parceria – Programa de Revitalização do Pinhal Interior 2019, e do Centro Nacional de Cultura através do programa de Bolsas Jovens Criadores 2019. Conta, também, com os apoios à produção: FEST – New Directors New Films Festival, d’Orfeu AC, A Escola da Noite e Teatro Cerca de São Bernardo, GrETUA, Interferência – Associação de Intervenção na Prática Artística e Escola-Estúdio RAIZVANGUARDA.