À descoberta do Céu e da Terra numa experiência única em Arganil

No passado fim-de-semana, dias 6,7 e 8 de maio, cerca de 22 participantes tiveram oportunidade de contactar mais de perto com o nosso território, através de um conjunto de atividades diurnas e noturnas.

Através de um roteiro, orientado para diferentes segmentos da oferta turística, que se destaca pela sensibilização para a preservação do património natural e construído, e pela sua componente sensorial, procurou-se dar resposta ao perfil do denominado “novo turista”, que encara o destino como local de aprendizagem, desenvolvimento e contacto com outras culturas e não apenas como um lugar de descanso e de fuga à rotina.

Criou-se não só a oportunidade de dar a conhecer, mas também a oportunidade de experimentar o que, o concelho de Arganil tem de único, o seu artesanato, a gastronomia, construindo e contactando com símbolos da identidade local, incentivando o turista a ser mais ativo e criativo, aspetos essenciais no contexto do turismo de experiências, que o Município vem a promover.

Passeios junto do nosso património natural, caminhadas, workshops, confraternização e degustação de produtos tradicionais genuínos, para além de observações astronómicas no céu estrelado e despoluído da Serra do Açor, constituíram uma oferta e experiência únicas, na promoção e afirmação de um território cujo potencial cultural e turístico tem muito para oferecer.

Esta experiência, inserida no Projeto intermunicipal “ Portas do Céu”, resulta de uma parceria entre os Municípios de Arganil, Góis e Pampilhosa da Serra, cofinanciada pelo Centro 2020 e pelo Fundo Europeu para o desenvolvimento Regional, contou com a colaboração da empresa de animação Transserrano”, e representou para quem a viveu, um conjunto de emoções que querem repetir.



Artigos Relacionados