Arganil com candidatura aprovada ao programa Bairros Saudáveis

 

Na sequência da abertura do Programa Bairros Saudáveis, a Fábrica da Igreja Paroquial da Freguesia de Arganil, numa parceria com a Câmara Municipal, viu a sua candidatura de intervenção em 14 habitações do Bairro São Vicente de Paulo aprovada, tendo ficado em 42º lugar no universo de 750 candidaturas efetuadas a nível nacional.

O bairro São Vicente de Paulo, na freguesia de Arganil é uma zona habitacional que apoia famílias carenciadas, nomeadamente através da cedência de habitações a título gratuito, de grande heterogeneidade multicultural e que usufrui de respostas sociais solidárias.

Sobressaem no projeto, “Arco-Íris – Vem dar cor à tua vida”, cinco eixos de intervenção: urbanístico, social, económico ambiental e de saúde, que visam contribuir para a melhoria de vida e dignidade humana de quem ali reside, em situação de vulnerabilidade social, através de intervenções concertadas entre a entidade promotora e as entidades parceiras: Câmara Municipal de Arganil, Unidade de Cuidados na Comunidade de Arganil; Conferência Nossa Senhora da Assunção de Arganil; Associação Juvenil CUME; Passo-a-passo com a Criança e Família – Associação de Ajuda Psicossocial; Autoridade de Saúde Pública do concelho de Arganil, CLDS4G e Junta de Freguesia de Arganil.

Está assim preconizado com este projeto, a intervenção de restauro/conservação em 14 habitações, promovendo o bem-estar e conforto das mesmas, nomeadamente ao nível da cobertura, pintura interior e exterior, da criação de casas de banho em algumas delas, instalações elétricas e acessibilidades.

Outras questões como a integração dos indivíduos ativos em Medidas Ativas de Emprego, formação e qualificação profissional está também implícita, assim como a melhoria do espaço público envolvente, com a remoção de lixo e desperdício, assente na promoção da educação ambiental, uso eficiente de água, reutilização dos recursos, fomento das Hortas Biológicas e interajuda e troca de produtos entre vizinhos.

Através da contratualização de estágio profissional de um técnico de Animação Socioeducativa que vai acompanhar, coordenar e dinamizar as atividades, é também esperado capacitar os indivíduos para um processo de mudança e de integração social, através da definição do seu projeto de vida, promovendo o envolvimento dos moradores nas questões relacionadas com o bairro, potenciando as redes de vizinhança e eliminando o estigma que neste momento lhe está associado. Está ainda prevista a criação de um Regulamento de Funcionamento do Bairro e um Código de Conduta do Residente.

O Programa Bairros Saudáveis é um programa público, de natureza participativa, para melhoria das condições de saúde, bem-estar e qualidade de vida em territórios vulneráveis. Financia, com um montante máximo de 50.000 euros, projetos apresentados por parcerias locais para melhorias nesses territórios. A dotação do programa é de 10 milhões de euros e prevê a promoção de iniciativas de desenvolvimento e capacitação das comunidades locais, viabilizando intervenções céleres e eficazes que criem comunidades mais resilientes, inclusivas e saudáveis, assim como eliminar as barreiras ou fatores de discriminação, contribuindo para uma imagem positiva das mesmas.



Artigos Relacionados