Arganil sobe 64 posições no ranking da qualidade de vida

Arganil subiu 64 posições no ranking dos concelhos com mais qualidade de vida e ocupa agora a 48.ª posição a nível nacional e o 5.º lugar no universo da Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra. A conclusão é do estudo anual desenvolvido pela Marktest, dedicado à análise do desempenho dos 308 municípios portugueses, através da avaliação dos pontos fortes e fracos de cada concelho.

Numa escala de 0 a 20, Arganil obteve uma média de 12 valores, (o concelho no topo da lista obteve 15,1), em resultado da classificação atribuída a 15 indicadores diferentes. Evidenciam-se, no que respeita a Arganil, as despesas do município com a proteção do ambiente e com a cultura; a capacidade dos equipamentos de segurança social per capita; a baixa taxa de criminalidade e de sinistralidade rodoviária e o número quer de escolas, quer de equipamentos de saúde per capita.

A acentuada escalada na classificação relativamente ao ano passado representa “uma ótima notícia para Arganil e um fator de motivação para continuar a trabalhar não só para manter o bom desempenho nos indicadores que se destacam como para melhorar os pontos menos fortes”, refere o presidente da Câmara Municipal, Luís Paulo Costa.

Nesta incumbência de apoiar os munícipes, a autarquia compromete-se a manter e incrementar as boas práticas de apoio às famílias e a continuar a encontrar meios para apoiar o tecido empresarial do concelho, através de investimentos que contribuem para melhorar as condições das empresas já instaladas no concelho e para a atração de novos investidores. Direcionando as diferentes áreas de atuação do município para um objetivo comum, o líder do executivo espera que Arganil se continue a “destacar e afirmar como um dos melhores concelhos para viver, visitar e investir”.



Artigos Relacionados