Município de Arganil vê aprovado novo Plano Municipal para a Integração de Migrantes

 

O Município de Arganil viu aprovada nova candidatura ao Fundo para o Asilo, a Integração e a Migração (FAMI), com um Investimento total elegível de 119 098,78 €, beneficiando de comparticipação comunitária (75%) e sendo os restantes montantes assegurados pela Autarquia. O projeto terá início a 1 de novembro do presente ano e término a 31 de dezembro de 2022.

Através da mobilização dos parceiros locais e dos próprios cidadãos, com particular enfoque aos Nacionais de Países Terceiros (NPT), têm sido implementadas estratégias de proximidade entre os cidadãos migrantes e sociedade de acolhimento, no âmbito do Plano Municipal para a Integração de Migrantes (2017-2020).

Este projeto numa continuidade daquele que foi o seu antecessor, designado “Arganil + Migração” e cofinanciado pelo mesmo fundo, ressurge com a pretensão de reforçar a intervenção que tem vindo a ser desenvolvida no território, na área das migrações, com o propósito de incorporar uma estratégia efetiva de acolhimento de cidadãos estrangeiros e de promoção da multiculturalidade, enquanto fator de desenvolvimento local e de fortalecimento da dinâmica social.

As ações previstas realizar ao abrigo do projeto abrangem as áreas temáticas: serviços de acolhimento e integração; mercado de trabalho e empreendedorismo; educação e língua; capacitação e formação; cultura; saúde; solidariedade e resposta social; cidadania e participação cívica; media e sensibilização da opinião pública e racismo e discriminação.



Artigos Relacionados