“Terras de Xisto” retratadas numa fantástica exposição fotográfica de Fernando Mázon

 

No passado dia 6 de Março, a Sala de Exposições Temporárias Guilherme Filipe, inaugurou a exposição de fotografia de Fernando Mázon da Silva, “Terras de Xisto”, que estará patente ao público até ao dia 31 do mesmo mês.

Encantado pelo território de xisto do nosso concelho e pela imensidão de montes e vales de toda esta região, Fernando Mázon da Silva encontrou nele o cenário perfeito para captar as suas obras que, embora se tracem de grande simplicidade, carregam um enorme simbolismo. Fotógrafo de natureza e de apurado sentido estético, Fernando Mázon leva-nos a percorrer as singulares paisagens da Serra do Açor pelas ruínas de casas em que outrora abanavam ao vento as cortinas de chita, através dos rostos orgulhosamente serranos, genuínos e cansados de uma vida dedicada ao trabalho na terra, restos de vidas que se perderam na memória.

O percurso profissional do fotógrafo tem passado sobretudo por Espanha, onde morou durante largos anos e expôs diversas vezes. Desde que se mudou para o seu país de origem e escolheu o Casal Novo como nova morada, esta é a primeira vez que expõe no nosso país. Na cerimónia de inauguração desta exposição contámos, para além da presença de amigos, familiares e apreciadores do seu trabalho, com a presença do grupo de professores, alunos e outros profissionais que estiveram no nosso concelho nos passados dias 6, 7 e 8, ao abrigo do projeto CASES Work, oriundos de países como Bélgica, Holanda, País de Gales, Polónia, Islândia entre outros e do Sr. Vereador António Seco.

Esta magnífica exposição patente na Sala Guilherme Filipe – Casa da Cultura, pode ser visitada entre as 9h e as 18h, de segunda a sexta-feira, até ao dia 31 de Março.



Artigos Relacionados