Arganil, Oliveira do Hospital e Pampilhosa da Serra unem-se “À Beira do Fado”

Arganil recebe a partir do próximo mês de setembro a Programação Cultural do projeto “À Beira do Fado”, que vai unir em rede os Municípios de Arganil, Oliveira do Hospital e Pampilhosa da Serra, numa candidatura conjunta submetida ao CENTRO 2020. Trata-se de um Projeto com um investimento de cerca de 300.000,00€, cofinanciado a 100%, pelo Programa Operacional Regional do Centro.

O projeto ”À Beira do Fado” pretende, no conjunto da sua programação, promover aquela que foi a primeira expressão artística declarada Património Imaterial da Humanidade em Portugal, que alia a tradição à contemporaneidade e na qual se valoriza o território, criando instrumentos de capacitação das populações relativamente à ação cultural em rede.

Dele fazem parte nove ações culturais principais, materializados em 40 eventos a realizar entre setembro de 2021 e agosto de 2022, nos três Municípios, contando com a participação do tecido artístico, associativo e cultural de cada um deles, numa lógica de que na mesma região se associe a programação cultural com a componente do turismo e da promoção do território promovendo e preservando os valores patrimoniais de cada um deles.

Do Ciclo de Programação fazem parte: “À Beira do Fado”; Fado Cantado Fado Bailado”; “Quando o Fado se Senta à Mesa”; “Fado no Adro”; “Evocar o Fado”; “Escola do Fado”; “O Fado no Feminino”; “Jardins do Fado” eAs Janeiras pela Voz do Fado” que numa simbiose entre esta expressão artística e outras vertentes culturais, a gastronomia e turismo, levará a efeito espetáculos, workshops, palestras, exposições e outras iniciativas, cujos pormenores serão brevemente anunciados.

O Projeto, que privilegia a realização das atividades ao ar livre, vai privilegiar também formatos digitais de comunicação, por forma a reduzir os impactes ambientais, o uso de materiais reciclados e a disponibilização de ecopontos em todos os eventos nos quais se suponha a produção de resíduos, o que lhe garante o selo “Ecoeventos” da ERSUC.

Toda a informação relativa à programação cultural e bilhética pode ser em breve consultada no site criado para o efeito, bem como nas plataformas digitais e redes sociais do Município de Arganil.

 



Artigos Relacionados