Executivo camarário prossegue com Presidências Participativas em Côja e Barril do Alva

O executivo da Câmara Municipal de Arganil cumpriu na União das Freguesias de Côja e Barril do Alva, no dia 29 de março, a décima sessão de Presidências Participativas, em marcha por todo o território desde o início de 2020.

Liderada por Luís Paulo Costa, e fazendo-se acompanhar pelo executivo da União das Freguesias, a comitiva camarária avaliou as intervenções concluídas recentemente e em curso, auscultou os anseios e as pretensões da população e sinalizou situações prioritárias que carecem de resolução.

O arranque da jornada de trabalho ficou marcado pela inauguração da reabilitação do troço entre Côja e Vila Cova do Alva, via Barril do Alva, que representa, realçou Luís Paulo Costa, “um importante eixo de ligação estratégico entre Côja e todo o Alto Concelho”. Na ponte sobre o rio Alva, lugar escolhido para a sessão simbólica de inauguração, o presidente da Câmara salientou que “também para Pomares e para as zonas mais altas do concelho esta passa a ser uma via determinante”.

Partilhou do mesmo contentamento o presidente da União das Freguesias de Côja e Barril do Alva, João Tavares, aproveitando o momento para agradecer ao presidente da Câmara a predisposição demonstrada durante todo o mandato para resolver problemas, nomeadamente ao nível da beneficiação de vias e arruamentos. “A freguesia estava muito debilitada nesse aspeto e, apesar de não estar tudo feito, grande parte da obra foi realizada, e esse era o objetivo”. Já António José Santos, tesoureiro da União das Freguesias de Vila Cova do Alva e Anseriz, reconheceu a importância “de uma obra muito necessária”, e apelou para que “as obras não parem, nestas e em todas as outras freguesias”.

A intervenção no seu todo, explicou o presidente da Câmara, envolveu um investimento global de aproximadamente 1 milhão de euros, que considerou, além dos trabalhos de pavimentação (400 mil euros), “a substituição da conduta adutora de abastecimento de água entre o cruzamento de Vila Cova do Alva/Barril do Alva e o reservatório de Côja; a interligação de redes de saneamento e elevatórias de água residuais, bem como algumas componentes de águas pluviais, sobretudo junto a Côja”.

O périplo pelo Barril do Alva e Côja contemplou a visita a várias obras recentemente executadas, resultado do trabalho devidamente articulado entre o Município e a União de Freguesias. No Barril do Alva, estiveram sob o olhar atento da comitiva o calcetamento da Rua Joaquim Mendes Correia de Oliveira e do Pátio dos Músicos. Em Côja, foram alvo de avaliação o pontão em madeira instalado sobre a Ribeira da Mata, no Parque Verde do Prado; o calcetamento da Rua da Levada e do Largo dos Franceses; o alargamento da Rua das Covadas de Baixo (ou Rua do Outeiro) e o passeio em pavê no Bairro Padre Augusto Calinas. Estes melhoramentos foram concretizados pela União de Freguesias mediante a celebração de contratos-programa com o Município de Arganil ao longo deste mandato 2017-2021, no valor global de 262 mil euros.

Das empreitadas levadas a cabo pela autarquia, houve tempo para uma passagem pelas ruas que vão ser alvo de pavimentação já a partir da próxima semana, no Barril do Alva: a Rua União e Progresso de Barril do Alva, a Rua Cieba e a Rua Joaquim Madeira. O conjunto de intervenções intervenção integra o alargado plano de reabilitação da rede viária e arruamentos por todo o concelho e está incluída numa empreitada de 270 mil euros.

Já em Côja, Luís Paulo Costa e o restante grupo de trabalho acompanharam as obras de pavimentação, da responsabilidade do Município, a decorrer na Rua da Gândara e na Rua do Outeiro. A intervenção vai melhorar consideravelmente o estado dos arruamentos, permitindo aos moradores daquela zona da vila de Côja usufruírem das devidas condições de mobilidade e segurança. No valor de 132 mil euros, a empreitada inclui também a pavimentação da Estrada do Campo de Futebol, concluída em janeiro deste ano.

O périplo terminou no renovado Bairro de Côja, que foi alvo de pavimentação, construção de passeios e reabilitação da rede de drenagem de águas pluviais, em 2020, fruto de um investimento camarário de 220 mil euros, que incluiu também a beneficiação do acesso à Zona Industrial.

Concluída a jornada de trabalho em Côja e Barril do Alva, o executivo camarário ‘apontou baterias’ à freguesia de Pombeiro da Beira. O trabalho de zelo e de proximidade desenvolvido ao abrigo desta iniciativa vai estender-se às 14 freguesias/uniões de freguesia do concelho no decurso dos próximos meses.



Artigos Relacionados