Apresentação do livro “As informações paroquiais de 1721: contributos para a história do Concelho de Arganil”

Decorreu no dia 3 de Outubro, na Capela de S. Pedro de Arganil, a apresentação do livro “As informações paroquiais de 1721: contributos para a história do Concelho de Arganil” da autoria de Carlos Dinis Cosme.

Coube à Dr.ª Paula Dinis, Vice-Presidente da Câmara Municipal de Arganil, a abertura do evento e à Dr.ª Margarida Fróis a apresentação da obra e do seu autor.

O livro apresentado consiste na transcrição das Informações Paroquiais de 1721, trabalho moroso e complexo, mas certamente uma mais-valia para todos os que se interessam pela história do concelho. O livro, para além das referidas transcrições, é enriquecido com as digitalizações das informações eclesiásticas originais e ilustrações de Gomes Paiva.

“As informações paroquiais de 1721” foi uma iniciativa da Academia Real de História que fora fundada em 1720, no reinado de D. João V”. Para a compilação destas informações os Párocos do reino foram incumbidos de reunir e de apresentar informação sobre oito aspetos referentes à vida eclesiástica e secular das suas Paróquias.

As Paróquias do Concelho de Arganil, cujos relatórios dão corpo a estas Informações Paroquiais são: Arganil, Anceriz, Benfeita, Celavisa, Cepos, Cerdeira, Coja, Folques, Piódão, Pomares, Pombeiro, São Martinho da Cortiça, Sarzedo, Secarias, Teixeira e Vila Cova do Alva.

Finda a intervenção da Dr.ª Margarida Fróis foi dada a palavra ao autor Carlos Dinis Cosme, que sendo natural de Pomares apresentou alguns pormenores sobre esta paróquia à data dos factos a que obra se refere.

No final das intervenções teve palavra o Dr. Luís Paulo Costa, Presidente da Câmara Municipal de Arganil, que enalteceu o trabalho apresentado, reconhecendo a sua importância e convidando à leitura do mesmo, referindo que tal pode constituir um interessante exercício para ver a evolução das freguesias do concelho de Arganil, nomeadamente a sua importância, ao longo dos tempos.

Tal como iniciou, o evento terminou com uma interpretação musical magnífica com Miguel Neves ao piano e Carla Bernardino na voz.

O livro “As informações paroquiais de 1721: contributos para a história do Concelho de Arganil” pode ser adquirido na Biblioteca Municipal de Arganil e na Biblioteca Alberto Martins de Carvalho.