Apresentado o Plano Local de Promoção e Proteção dos Direitos da Criança no Salão Nobre dos Paços do Concelho

 

A Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Arganil (CPCJ) apresentou o Plano Local de Promoção e Proteção dos Direitos da Criança no dia 7 de julho, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, em Arganil.

Este Plano, proposto pelo Juiz Conselheiro, Dr. Armando Leandro, Presidente da comissão de crianças em risco, através do Projeto Nacional “Tecer a Prevenção”, pretende potenciar o capital de saber e experiência detido pelo conjunto de Comissões de Proteção, numa intervenção que propõe a constituição de uma bolsa de boas práticas de intervenção das comissões, a serem disseminadas a nível nacional.

O plano apresentado ao público no passado dia 7 de julho, assenta em quatro Eixos Prioritários de Intervenção, resultantes de uma reflexão e diagnóstico efetuado no concelho de Arganil, fruto de um esforço comum entre as entidades de competência e interesse na matéria de infância e juventude e que trabalharam diferentes áreas, tais como: CPCJ; Intervenção Familiar; Saúde; Educação, GNR e Segurança Social, tendo como Grupo-Alvo as Crianças e Jovens entre os 0 e os 18 anos.

A abrir a sessão esteve a Presidente da Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Arganil, Vereadora Graça Lopes, com uma breve apresentação e introdução do trabalho desenvolvido até então, fazendo alusão ao importante trabalho desenvolvido pelos Presidentes cessantes, Dr. António Cardoso e vereador Dr. Luis Paulo Costa, cujo trabalho teve início em outubro de 2012, sob orientação da Dra. Maria de Fátima Duarte, Interlocutora Distrital da CNPCJ. Contou-se ainda, no decorrer da sessão de abertura, com os contributos do Dr. Ramiro Miranda, Diretor do Centro Distrital de Segurança Social de Coimbra, o importante e sapiente testemunho do Juiz Conselheiro jubilado do Supremo Tribunal de Justiça e Presidente da Comissão de Proteção de Crianças e Jovens em Risco, Dr. Armando Leandro, terminando com as palavras do Presidente da Câmara Municipal de Arganil, Eng. Ricardo Pereira Alves.

A sessão de apresentação do Plano Local de Proteção continuou com as apresentações da Dra. Maria de Fátima Duarte, Interlocutora da Comissão Nacional da Proteção de Crianças e Jovens em Risco e dinamizadora do Projeto “Tecer a Prevenção” e os contributos dos Presidentes cessantes Dr. Luís Paulo Costa e Dr. António Cardoso.

Esta apresentação pública foi grandiosamente enobrecida pela prestação ao Piano de Miguel Neves, da Escola Atelier do Piano e ornamentada através de uma exposição de ilustrações dos artigos constantes na Declaração dos Direitos da Criança, pelos alunos do 1º ciclo do Agrupamento de Escolas de Arganil, no átrio da Câmara Municipal e que ainda se encontra patente.

Com uma missão bem clara que de não deve olhar para o lado perante os problemas, a CPCJ Arganil, assume o compromisso de dar resposta a quem precisa, fazendo dela o seu estandarte e agindo de forma responsável e proactiva.

 



Artigos Relacionados