Arganil sobe 19 posições no Índice de Presença na Internet das Câmaras Municipais

O Município de Arganil surge na 44.ª posição do Índice da Presença das Câmaras Municipais (IPIC 2019), registando uma subida de 19 posições em relação à última edição do estudo (2016), levado a cabo pela Universidade do Minho, este ano em parceria com a Universidade das Nações Unidas e a Agência para a Modernização Administrativa.

A subida ao top 50 do ranking, composto pelos 308 municípios portugueses, reflete “o trabalho de proximidade que a autarquia se empenha em manter com os cidadãos, fazendo uso de uma ferramenta tão importante e poderoso nos dias de hoje como é a Internet”, frisa Luís Paulo Costa, presidente da Câmara, destacando “o forte envolvimento e o desempenho dos colaboradores na criação e contínua atualização dos conteúdos, mantendo os munícipes informados através do portal autárquico”.

Revelando-se satisfeito com a melhoria na classificação do IPIC, depois de em 2016 Arganil se encontrar na 63.ª posição e em 2014 na 104.ª, o autarca diz estar consciente de que há ainda muita margem para crescer em matéria de presença na Internet. “O objetivo do Município de Arganil passa por melhorar e aumentar o nível de qualidade das interações com os munícipes, porque cidadãos informados são os melhores aliados no desenvolvimento e promoção do concelho e na afirmação das suas inúmeras potencialidades”.

O IPIC 2019 é uma avaliação independente, elaborada através da observação direta dos 308 websites camarários, avaliados e classificados com base em 31 indicadores, agrupados em 4 critérios distintos: conteúdos: tipo e atualização; Acessibilidade, navegabilidade e facilidade de utilização, Serviços online e Participação. O período de recolha e avaliação a que se reporta o estudo decorreu entre os meses de novembro de 2018 e maio de 2019.



Artigos Relacionados