IP3 cortado entre os Nós de Penacova e de Miro a partir de 3 de março

A circulação rodoviária no IP3 vai ficar cortada a partir da madrugada de 3 de março, entre o nó de Penacova e o nó de Miro, durante três semanas, informou a Infraestruturas de Portugal através de comunicado endereçado ao Município de Arganil.

Esta interrupção deve-se à necessidade de “realização de trabalhos de desmonte de blocos de pedra de grandes dimensões”, no âmbito da empreitada de «Estabilização de Talude de Escavação e Reabilitação da Plataforma».

Serão criados dois percursos alternativos:

Opção A

– Sentido Coimbra/Viseu: o trânsito será desviado pelo IC2 até à Mealhada, seguindo pela EN234 pelo Luso em direção a Mortágua, e depois pela EN228 até ao IP3.

– Sentido Viseu/Coimbra: o desvio ocorrerá no sentido inverso.

 

Opção B

– Sentido Coimbra/Viseu: o trânsito será desviado pela EN17, passando por Vila Nova de Poiares até S. Martinho da Cortiça, seguindo depois pelo IC6 até ao Nó da Raiva do IP3.

– Sentido Viseu/Coimbra: o desvio ocorrerá no sentido inverso.



Artigos Relacionados