10 milhões de euros revolucionam sistema de água no concelho de Arganil

O concelho de Arganil está a ser alvo de um conjunto de intervenções no âmbito do abastecimento de água e saneamento de águas residuais que representa o maior investimento de sempre nestas áreas. No total, são 10 milhões de euros destinados a renovar e a revolucionar o processo de captação, tratamento e abastecimento de água em praticamente todo o território concelhio.

O maior e mais avultado investimento, que ascende aos 4 milhões de euros, destina-se ao novo Sistema de Abastecimento da Alagoa/Feijoal, e prevê duas fases distintas. A empreitada de Abastecimento de Água de Arganil – SAA Alagoa/ Feijoal – ETA, Condutas e Reservatórios, no valor de 2.999.984,70€, que pressupõe a renovação e reabilitação dos dois subsistemas, através da sua interligações; e a empreitada de abastecimento de Água de Arganil – Captação e Edifício de Exploração, no mesmo Sistema de Alagoa/Feijoal, cujo valor base totaliza 1,1 milhões de euros. Estas intervenções, que se encontram a decorrer, vêm permitir não só construção de uma nova captação e a reabilitação da captação existente, como a construção do edifício de exploração, oferecendo mais qualidade, regularidade e eficiência no abastecimento de água a cerca de 60 por cento da população concelhia.

A este expressivo e crucial investimento, levado a cabo pelas Águas do Centro Litoral (AdCL), juntam-se mais três intervenções, destinadas à reabilitação dos subsistemas do Alqueve, de Vila Cova de Alva e de Pomares, cujas empreitadas se encontram em fase de análise de propostas, ascendem aos 2,4 milhões de euros.

Estão ainda preconizadas oito intervenções que preveem o reforço do sistema de abastecimento de água no concelho, desta feita comparticipadas pelo fundo de coesão do POSEUR – Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos, em 85 por cento. A Reabilitação e Beneficiação da Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) da Zona Industrial da Relvinha – Melhoria da Qualidade da Massa de Água Associada, no Sarzedo assume-se como o maior investimento, ascendendo aos 1 194.570,65€. Em causa está o aumento significativo da capacidade de tratamento instalada, com a introdução de fases de tratamento adicionais e equipamentos que possibilitem melhorar substancialmente o efluente libertado para o meio hídrico de descarga, contribuindo em grande medida para a qualidade da massa de água no rio Alva.

Concluem aquele que é o mais significativo investimento no sistema de abastecimento e saneamento de águas residuais de água alguma vez registado no concelho de Arganil as seguintes intervenções, no valor de 1.656.952,98€: Reabilitação e Beneficiação da ETAR da Zona Industrial da Relvinha – Melhoria da Qualidade da Massa de Água Associada; Fecho do Sistema de SAR de São Martinho da Cortiça – Ligação alta-baixa e extensão de serviço (São Martinho da Cortiça, Vale do Moinho e Vale Matouco); Fecho do Sistema de  SAR de Pombeiro da Beira; Fecho do Sistema de SAR de Côja – Ligação alta-baixa e extensão de serviço (Rua do Outeiro); Fecho do Sistema de SAR de Barril de Alva – Ligação alta-baixa; Fecho do Sistema de AA de Celavisa – Ligação alta-baixa (Jurjais); Fecho do Sistema de AA de Cerdeira – Ligação alta-baixa e extensão de serviço (Cerdeira, Dreia, Delores e Benfeita) e Fecho do Sistema de AA de Feijoal – Ligação alta-baixa (Feijoal – Bufalhão).



Artigos Relacionados