Arganil garante apoio para desenvolvimento do turismo acessível no Piódão

O Presidente da Câmara Municipal de Arganil, Luís Paulo Costa, participou na cerimónia de assinatura do contrato entre o Turismo de Portugal, representado pela Secretária de Estado, Ana Mendes Godinho, e a Aldeias Históricas de Portugal, que envolve um investimento de 1,06 milhões de euros e um financiamento de 957 mil euros, no âmbito da Linha de Apoio ao Turismo Acessível, do Programa Valorizar.

Este contrato, celebrado em Idanha-a-Nova, no dia 15 de novembro, durante a Cimeira Internacional “Destinos Sustentáveis sem Fronteiras”, prevê o desenvolvimento de condições de acessibilidade física e comunicacional no Piódão e nas restantes 11 aldeias da Rede de Aldeias Históricas de Portugal.

Trata-se de um projeto que visa tornar a Aldeia Histórica do Piódão mais inclusiva, através da criação de um percurso de visitação acessível, que permite a ligação ao Núcleo Museológico, Posto de Turismo e à Igreja Matriz, situados no Largo Cónego Manuel Fernandes Nogueira. Concretamente, esta intervenção prevê a implementação de atravessamentos pedonais, lugares de estacionamento para pessoas com mobilidade reduzida e sinalética informativa.

Este projeto vem complementar o investimento a concretizar pelo Município, no âmbito de outra candidatura ao Valorizar, neste caso à Linha de Apoio à Valorização Turística do Interior, em que está preconizada a requalificação integral da convidativa e acolhedora sala de visita do Piódão, o Largo Cónego Manuel Fernandes Nogueira.



Artigos Relacionados