POSEUR aprova 9 candidaturas do Município de Arganil ao Ciclo Urbano da Água

Foi hoje apresentado em conferência de imprensa, na Câmara Municipal de Arganil, o ponto de situação relativamente às candidaturas efetuadas pelo Município de Arganil ao Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (POSEUR), no que respeita ao Ciclo Urbano de Água.

O Presidente da Câmara Municipal de Arganil, Eng.º Ricardo Pereira Alves, referiu que, o Município de Arganil apresentou 11 candidaturas a duas tipologias do referido programa, sendo elas: Operações que visam a elaboração de Cadastro das Infraestruturas Existentes nos sistemas em baixa (Continente) (AVISO POSEUR–12-2015-16) e Operações que visam o fecho de sistemas de abastecimento de água em baixa e de sistemas de saneamento de águas residuais e Operações com vista à redução da poluição urbana nas massas de água (AVISO POSEUR–12-2016-38), das quais 9 foram aprovadas.

As operações a realizar nas freguesias de Arganil, Benfeita, Cerdeira e Moura da Serra, Côja/Barril de Alva, Pombeiro da Beira, São Martinho da Cortiça e Sarzedo, que pode consultar no vídeo abaixo, terão execução ainda no ano de 2017 e até ao final de 2018, através de um investimento total de 2.912 milhões de euros, um investimento elegível de 2.852 milhões de euros e um apoio de Fundos Europeus, na ordem dos 2.424 milhões de euros.

Relativamente às operações, Ricardo Pereira Alves acabou por referir que a ETAR da Zona Industrial da Relvinha, que através das obras de reabilitação e beneficiação, permitirá o tratamento de águas residuais para 16 mil habitantes e o tratamento de um caudal médio de 240m3/dia, “foi a última das candidaturas aprovadas e pela qual mais lutámos nestes últimos anos”, sublinhando que esta “é uma obra que finalmente vai ser concretizada e que vem resolver um problema importante que tínhamos e que era urgente solucionar”.



Artigos Relacionados