Festival Literário Internacional do Interior – 4ª edição

Vai ter lugar entre os dias 17 e 20 de junho a 4ª edição do Festival Literário Internacional do Interior – Palavras de Fogo, em homenagem às vítimas dos fogos florestais, sob a égide do lema “A arte e a cultura como reanimadores de uma região e de um povo”.

Este festival decorre em 11 municípios da região centro, dos distritos de Coimbra e Leiria, com o objetivo de levar a cultura, os livros e os escritores às populações mais atingidas pelos incêndios em 2017.

Esta edição é dedicada a Manuel Alegre e Maria Teresa Horta. Um duplo tributo que assinala o 50º aniversário das obras “Um barco para Ítaca, de Manuel Alegre, e “Minha senhora de mim” de Maria Teresa Horta, coautora de “Novas Cartas Portuguesas”, cujo meio século de publicação se completa em 2022. Nesta edição o programa do festival é subordinado ao tema “Literatura, cidadania e liberdade”.

Nos dias 1, 2 e 25, integrado na programação e nos dias 16, 18 e 19 de junho, o FLII vai passar por Arganil com uma programação que contempla tertúlias, exposições e apresentações de livros a decorrer na Biblioteca Municipal Miguel Torga.

No contexto da situação pandémica que ainda assola o nosso país, informa-se que os eventos decorrerão no estrito respeito de todas as normas da DGS na prevenção da transmissão da COVID19 e a participação nos mesmos é sujeita a marcação prévia. Faça a sua reserva através de bib-arganil@cm-arganil.pt ou pelo telefone 235 200 135.

Para mais detalhes consulte a programação:

Programação FLII:

1 de Junho – 17 horas

  • Inauguração da exposição “Mãe Nossa no Oceano” – exposição de fotografias de Nuno Vasco Rodrigues, texto de Ana Filomena Amaral

 2 de Junho – 10.30 h, 11.30 h, 14.30 h

Sou feita de muitos nós desobediência e meio-dia
Sou aquela que negou aquilo que os outros queriam
Disse não à minha sina de destino preparado recusei as ordens escusas
preferi a liberdade e vivo deste meu lado
Maria Teresa Horta

  • À conversa com Ricardo Fonseca Mota: o poder das palavras na construção da cidadania e liberdade

16 de Junho – 17 horas 

  • Inauguração da exposição coletiva de Pintura “Memorial Pedrógão Grande”

18 de Junho – 10.00 horas e 14.00 horas 

  • Apresentação do livro “O mundo fantástico da arte através dos tempos” de Luís Ricardo Duarte

18 de Junho – 18 horas

 Que o poema seja encontro onde era despedida
Que participe. Comunique. E destrua
Para sempre a distância entre a arte e a vida.
Que salte do papel para a página da rua.
Manuel Alegre

  • A arte e a vida” – painel com Lawrence Bradby, Rita Martins e Maria Leonarda Tavares. Moderação de Miriella de Vocht

19 de junho – 21 horas

  • Painel com Isabel Rio Novo, Miguel Real e Adélia Carvalho. Moderação de Paula Breia
  • Momento musical com Miguel Neves ao piano.

 25 de Junho – 18 horas 

  • Inauguração da exposição “Instantes Monocromáticos”, desenhos a tinta-da-china, em diário gráfico, de Ilda Teresa Castro
  • “Eu sou tu. Experiências ecocríticas”. Apresentação do livro com a presença dos autores José Pinheiro Neves, Ilda Teresa de Castro e Vítor Rua


Artigos Relacionados