Plano Operacional para 2019 aprovado pela Comissão Municipal da Defesa contra Incêndios

A Comissão Municipal de Defesa da Floresta procedeu à aprovação do Plano Operacional Municipal 2019, no decurso de uma reunião que teve lugar no Salão Nobre dos Paços do Concelho, no dia 20 de março. Presidida pelo líder do executivo camarário, Luís Paulo Costa, na qualidade de presidente da Comissão Municipal, a reunião contou com a vereadora da Floresta, Érica Castanheira, com o técnico do GTF da CMA e com os representantes das entidades que constituem este centro de coordenação e ação local.

À apresentação, discussão e votação do Plano Operacional Municipal 2019, que integra o Plano Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios 2018-2027, e que se assume como um instrumento que se propõe a aplicar medidas que permitam reduzir o número de ocorrências e assegurar a segurança das pessoas e dos seus bens, precedeu-se à apresentação do balanço da execução da rede de defesa da floresta contra incêndios, do Plano Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios, implementada em 2018. Neste contexto, destacam-se as Faixas de Gestão de Combustível executadas pelo Município de Arganil em 2018, que totalizaram uma área de 122 ha, bem como a manutenção e beneficiação de 263 km de rede viária florestal.

Em cima da mesa estiveram, ainda, vários assuntos de interesse para o concelho, nomeadamente a definição de critérios específicos de gestão de combustíveis a aplicar em locais de sensibilidade ecológica durante o próximo ano e a implementação de medidas preventivas, de sensibilização, coordenação, vigilância e intervenção, tendo em vista mitigar a ocorrência e as consequências de incêndios florestais.

 



Artigos Relacionados