Noites na Biblioteca com Famílias de S. Martinho da Cortiça

O Manifesto da Unesco para a Biblioteca Escolar afirma “Está comprovado que, quando os bibliotecários e os professores trabalham em conjunto, os estudantes alcançam níveis mais elevados de literacia, leitura, aprendizagem, resolução de problemas e competências no domínio das tecnologias de informação e comunicação.”

Esta é uma boa imagem do que aconteceu no dia 22 de Fevereiro na Biblioteca Municipal. Escola, Biblioteca Escolar e Biblioteca Municipal juntas para promover eficazmente a literacia, a leitura e a aprendizagem. Quando é possível juntar as famílias, como aconteceu, então o princípio enunciado faz todo o sentido.

Ao refletirmos sobre como chegámos aqui encontramos sinais irredutíveis do caminho percorrido:

No exemplo: os Pais são os atores que dramatizam histórias para os seus filhos.

No espaço: a Escola que acolhe e dá oportunidade aos Pais para participarem ativamente no percurso de aprendizagem dos seus filhos.

Na Biblioteca Escolar: que criou as condições para que fosse possível, disponibilizando livros mas também princípios que nos trazem até aqui.

Na Biblioteca Pública: que é uma casa para a vida e que acompanha gerações, complementando o trabalho da Escola e da Biblioteca Escolar.

Nos Professores: que compreendem que juntando todos estes contributos, estão a contribuir para o crescimento sustentado dos seus alunos no seu percurso como cidadãos.

Deixamos alguns testemunhos do que se passou. Registamos com agrado o interesse que os pais demonstraram pela Biblioteca Pública, procurando informar-se dos serviços que presta à comunidade e também dos numerosos utilizadores que aproveitaram o facto de a Biblioteca estar a funcionar para requisitar livros.

Um obrigado muito especial à professora Maria João Cavaleiro a quem se deve a realização deste trabalho.



Artigos Relacionados