Igreja Matriz de Côja

Tem como orago S. Miguel. Igreja de linhas setecentistas, mas que deve ter sido reconstruída já no século XIX.

A linha da frontaria é funda e elegantemente recortada. O retábulo principal (1881) e os colaterais (1893), em linhas setecentistas, são do entalhador da Cerdeira, José Gonçalves de Abreu.

As imagens de Santa Catarina e S. Sebastião são esculturas medievais em pedra. Outras imagens vieram de conventos ou colégios universitários de Coimbra. São imagens em madeira do século XVII.

 

Coordenadas GPS

Latitude: 40.269204

Longitude: -7.987264