Arganil + Migração

Plano Municipal para a Integração de Migrantes de Arganil (2017-2020)

Num quadro de crescimento do número de estrangeiros residentes no território concelhio, o Município de Arganil encontra-se a encetar esforços para a implementação de uma estratégia, que permita melhorar os níveis da sua integração e participação nas comunidades locais, proporcionando o direito a uma cidadania comum.

Tendo como principal objetivo a promoção de um efetivo acolhimento, integração e fixação desta população no concelho, o Plano Municipal para a Integração de Migrantes de Arganil desenha-se assim como um instrumento que incorpora estratégias de atuação concertadas, num trabalho em rede que envolve diferentes entidades parceiras que concorrem para a concretização do processo multivetorial de integração e coesão social.

As suas áreas de atuação identificadas como prioritárias são as seguintes:

  • Acolhimento e Integração
  • Capacitação e Formação
  • Cidadania e Participação Cívica
  • Cultura
  • Educação e Língua
  • Media e Sensibilização da Opinião Pública
  • Mercado de Trabalho e Empreendedorismo
  • Racismo e Discriminação
  • Religião
  • Saúde
  • Solidariedade e Resposta Social
  • Urbanismo e Habitação

Plano Municipal para a Integração de Migrantes de Arganil (2017-2020)

 

Projeto PT/2017/FAMI/223 – “Arganil + Migração”

O Projeto Arganil + Migração, cofinanciado pelo Fundo Asilo Migração e Integração (FAMI), sob patrocínio da Secretaria Geral do Ministério da Administração Interna (SGMAI) e do Alto Comissariado para as Migrações, I.P. (ACM), surgiu da vontade de responder à necessidade de delinear e implementar um conjunto de medidas, estruturadas e concertadas, que visassem facilitar o acolhimento e a integração, bem como, disponibilizar apoio efetivo a nacionais de países terceiros recém-chegados ou residentes no concelho de Arganil.

O Fundo para o Asilo, a Migração e a Integração contribui para uma gestão eficaz dos fluxos migratórios e para a definição de uma abordagem comum em matéria de asilo e migração. Saiba mais aqui

Para desenvolver uma política local de acolhimento, integração e fixação que se revele ajustada e efetiva, é preciso ter um conhecimento aprofundado e atual da realidade imigrante do concelho. Como tal, tendo como base metodológica as áreas acima referidas encontra-se em fase de finalização um estudo diagnóstico conduzido em parceria com o Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra que visa caracterizar as dificuldades e potencialidades da comunidade migrante e, em particular, dos nacionais de países terceiros. Será com base nos resultados obtidos e neles sustentados que se irá, dar início, ao delineamento e implementação estratégica de um conjunto de ações que visam facilitar o acesso a uma efetiva integração e inclusão em diferentes domínios (e.g., no acesso ao mercado de trabalho, educação, participação cívica e política, saúde, apoio jurídico e social).

As ações, que compõem o Projeto Arganil + Migração, visam igualmente contribuir para a promoção da multiculturalidade, para a valorização da diversidade cultural e religiosa do concelho, para o reconhecimento de direitos e obrigações mútuas e para uma mais completa educação para a cidadania por parte da comunidade estudantil do concelho.

Como garante para o desenvolvimento de respostas sustentadas, articuladas e ajustadas, o Projeto Arganil + Migração conta com um conjunto de entidades públicas e privadas que se constituíram como parceiras ativas o projeto. Saiba quais aqui.

Estas parcerias irão permitir a realização de um trabalho em rede, facilitador da proximidade entre os cidadãos nacionais de países terceiros e a comunidade de acolhimento e, como tal, configuram-se como fontes promotoras de uma maior inclusão e coesão social.

Lista de Parceiros

  • ADIBER – Associação de Desenvolvimento Integrado da Beira Serra
  • Agrupamento de Escolas de Arganil
  • APPACDM – Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental de Coimbra
  • Assistência Folquense
  • Associação de Moradores de Casal de S. João
  • Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Côja
  • Associação Humanitária e Social da Casa do Povo do Barril de Alva
  • Associação Passo a Passo
  • Cáritas Diocesana de Coimbra
  • Casa do Povo de Cerdeira e Moura da Serra
  • Casa do Povo de S. Martinho da Cortiça
  • Centro de Emprego e Formação Profissional do Pinhal Interior Norte
  • Centro de Estudos Sociais Universidade de Coimbra
  • Centro de Saúde de Arganil – ACES PIN – Administração Regional de Saúde de Coimbra, I.P.
  • Centro Social da Freguesia de Cepos
  • Centro Social Paroquial de Benfeita
  • Centro Social Paroquial de Coja
  • Centro Social Paroquial Sarzedo
  • Centro Sócio Cultural de Anseriz
  • Freguesia de Arganil
  • Freguesia de Benfeita
  • Freguesia de Celavisa
  • Freguesia de Folques
  • Freguesia de Piódão
  • Freguesia de Pombeiro da Beira
  • Freguesia de S. Martinho da Cortiça
  • Freguesia de Secarias
  • Santa Casa da Misericórdia de Arganil
  • Santa Casa da Misericórdia de Vila Cova de Alva
  • União de Freguesias de Cepos e Teixeira
  • União de Freguesias de Vila Cova de Alva e Anseriz