Alimentar+ em Arganil

O desperdício alimentar apresenta um conjunto de consequências que afetam as nossas vidas. Com impacto ao nível ético, económico, social, sanitário e ambiental. É, por isso, necessário encontrar caminhos e estratégias que o minimizem, ou mesmo, que tendencialmente o solucionem.

Nasce assim, em 2014, o Alimentar+ em Arganil, fruto de uma parceria entre o Município de Arganil, Associação Passo a Passo, Agrupamento de Escolas de Arganil e Agrupamento de Centros de Saúde do Pinhal Interior Norte. Um projecto que preconizou, inicialmente, a minimização da carência alimentar das famílias do concelho, através da prevenção do desperdício alimentar nas cantinas escolares. As refeições não consumidas pelos alunos nas cantinas escolares, são reaproveitadas e distribuídas pelos alunos em situação de carência social, que levam as refeições da escola para casa.

O reaproveitamento das refeições não consumidas iniciou-se na cantina do Centro Escolar de Arganil, posteriormente no Centro Escolar de São Martinho da Cortiça e, de acordo com os excelentes resultados obtidos, alargou-se à cantina do Centro Escolar de Coja, tendo sido distribuídas até ao momento um total de 1675 refeições. Uma experiência piloto no concelho de Arganil direcionada para as crianças que se encontram inseridas em agregados familiares mais carenciados socialmente e que frequentam a Educação Pré-Escolar e o 1º Ciclo de escolaridade.

Em Outubro de 2016, o projecto ganha uma nova valência, com o objetivo de reaproveitar todo o excedente alimentar das superfícies comerciais, tendo assim uma maior capacidade de resposta para apoiar as famílias carenciadas do concelho.

Neste sentido, o protocolo assinado em Outubro de 2016, estabeleceu, além das parcerias já existentes, parceria com uma nova entidade, a superfície comercial Intermarché, que assegura a doação de produtos alimentares excedentes em boas condições de consumo, o que permitiu, até ao momento realizar 2770 apoios a 53 famílias carenciadas, com um total de 36250 produtos doados.

Para o sucesso do projeto contribuíram, não só, todos os parceiros envolvidos, como entidades que sinalizam situações de vulnerabilidade e voluntários que assumem um papel importante e que veem o seu trabalho ao serviço da comunidade, reconhecido.

Assim, esta rede permite, simultaneamente, colmatar carências económicas e alimentares existentes no concelho e promover uma atitude socialmente responsável e dinâmica na comunidade.

Este projeto apresenta-se como uma mais-valia para a comunidade local, que desta forma se mobiliza para alimentar quem mais precisa.

 

Resultados:

Alimentar+ em Arganil – 2014_2019 – Refeições Escolares

Alimentar+ em Arganil – 2016_2019 – Apoio à Comunidade