Energia

As relações existentes entre o ambiente e o setor energético são particularmente relevantes. A produção e o consumo de energia são responsáveis, direta e indiretamente, por alguns dos principais impactes negativos da atividade humana sobre o ambiente. Entre estes sobressaem os problemas associados às emissões para a atmosfera de gases com efeito de estufa, bem como de outros poluentes, como o dióxido de carbono, o dióxido de enxofre e os óxidos de azoto.

A utilização racional da energia depende de alterações no comportamento dos consumidores, que deverão ser complementadas com tecnologias e/ou processos que se traduzam numa redução de consumos.

 

Eficiência Energética
A Câmara Municipal de Arganil tem vindo a implementar medidas de utilização racional de energia, nomeadamente através da instalação de vários equipamentos, tendo em vista a redução de consumos de energia elétrica e de emissões de CO2 para a atmosfera. Tem também vindo a realizar iniciativas promotoras da eficiência energética e da utilização de energias alternativas.

Das intervenções e iniciativas realizadas, destacam-se as seguintes:

– Instalação de Luminárias LED na iluminação pública, de forma a economizar energia;

– Reprogramação dos relógios astronómicos;

– Isolamento térmico de edifícios públicos;

– Instalação de caldeiras a biomassa e sistemas de AVAC.

– Instalação de equipamentos de energias renováveis, nomeadamente a colocação de painéis solares;

– Requalificação de edifícios com vista a torná-los energeticamente mais eficientes;

– Recolha de óleos alimentares usados, com o objetivo da correta gestão destes resíduos e a potenciação das energias alternativas.

– Instalação de painéis solares fotovoltaicos, na cobertura do Pavilhão da Escola do 1º CEB de Arganil e o Pavilhão Desportivo de Sarzedo que produzem energia renovável;

– Aquisição de Veículos Elétricos para o Sistema de Recolha Seletiva Porta-a-Porta de Resíduos Urbanos Valorizáveis em Arganil – PPRUVA;

– Aquisição de veículos elétricos para renovação da frota afeta aos serviços urbanos ambientais, nomeadamente varredora e aspirador urbano;

– Certificação Energética dos diversos Edifícios Municipais;

 

Certificação Energética de Edifícios
A certificação energética de edifícios permite disponibilizar ao consumidor informação sobre o desempenho energético dos edifícios (Classe A ou B), que inclui a redução de custos com a utilização de energia, a melhoria do conforto térmico e o acesso a financiamento e benefícios fiscais.